facebook_pixel

Prepare-se para o novo: esvazie o seu copo


Esteja ou não buscando mudanças ou um novo estágio de evolução na sua vida, a virada de ano sempre convida e leva a pensar sobre o desejo de alcançar novas conquistas, de sair de uma dificuldade e ser mais feliz. E existe algo extremamente importante neste sentido, algo que a maioria das pessoas ignora na hora de obter as transformações que deseja. Então, é sobre isso que gostaria que você refletisse neste momento, sobre “esvaziar seu copo”.

Muita gente se apega ao que já sabe como se fosse uma verdade absoluta e, por isso, não abre espaço para o novo. Você já ouviu a história do copo cheio e do copo vazio? É uma metáfora e é exatamente sobre isso que estou falando.

Quando você não está disposto a absorver novos conhecimentos, novos olhares, perspectivas, pontos de vista… Significa que seu copo está cheio e, portanto, não cabem mais informações diferentes, um jeito novo de pensar ou de fazer. Daí as possibilidades de mudanças se tornam limitadas ou praticamente não acontecem.

Antes de iniciar um rumo novo em sua vida ou mesmo uma nova aprendizagem, um curso, uma leitura ou qualquer outra atividade que você aspira, é necessário esvaziar o copo, isso é fundamental para abrir espaço dentro de si.

Caso contrário, você tende a ser mais um a viver na lamentação, reclamação, paralisia, crítica ou até mesmo preso numa bolha de ego. E isso acontece essencialmente por você estar limitado a verdades absolutas ou, muitas vezes, por continuar tentando as mudanças pelo mesmo caminho.

Há pessoas que fazem, por exemplo, um curso e dizem que o conteúdo não apresentou novidade, que é ultrapassado, que não valeu a pena. Independentemente do todo o conhecimento que você possui, o que quero dizer é que é fundamental reconhecer que nenhum deles é ‘absoluto’.

“Esvaziar o copo” não significa jogar fora tudo o que você aprendeu na vida; na verdade, todo aprendizado deve ser colocado em prática para que haja espaço no copo. É por isso que renomados cientistas e pesquisadores buscam aprimorar conhecimentos, não param nunca de estudar.

A mensagem principal é que você SEMPRE pode aprender algo novo. Mesmo que o resultado final seja aquele previsível, o caminho até ele pode ser diferente. As pessoas ao seu redor também lhe acrescentam. Você pode aprender se simplesmente parar para ouvir e prestar atenção ao outro. No entanto, se estiver com o copo cheio, perde essa oportunidade.

Não se contente com pouco, independentemente da transformação que já passou.

No Processo Hoffman a gente propõe que as pessoas pratiquem o perdão, por vários caminhos e pontos de vista. Abra suas possibilidades, busque se preencher de novos conhecimentos, leia novos autores… Tudo e todos podem acrescentar algo.

Mas, para aproveitar os aprendizados, esvazie seu copo e recicle a água, não se limite, deixe espaço para se olhar e agir de outro ponto de vista!

Escreva um comentário:

[i]
[i]